AJUDAMOS A PREPARAR

AS EMPRESAS PARA O FUTURO

financiamentog

Numa análise aos principais desafios económicos de Portugal, a Comissão Europeia coloca os investimentos no sector energético como necessários ao país. A informação consta num conjunto de fichas informativas de prioridades de investimento por Estado-Membro, divulgadas a 26 de Novembro, por ocasião do lançamento do Plano de Investimento de 315 mil milhões de euros para a Europa.

“Investimentos adicionais no sector da energia poderiam contribuir para reduzir os custos energéticos, aumentar a eficiência energética na economia e melhorar a integração transfronteiriça de redes de energia”, considera a Comissão, na informação relativa a Portugal.

Além disso, a instituição sublinha que as oportunidades de investimento no país, ao abrigo do novo Plano europeu, residem em três sectores fundamentais: projectos de interconexão de electricidade e gás, redes energéticas transfronteiriças e maquinaria/equipamentos.

“Antes da crise económica e financeira, o investimento estava concentrado no sector não transaccionável, tal como a construção, contribuindo assim para a acumulação de desequilíbrios que acabariam por levar à crise”, relembra a Comissão Europeia, acrescentando que “a necessidade de melhorar a integração transfronteiriça de redes de energia e de acelerar a implementação de projectos de interconexão de redes energéticas requer uma aceleração da actividade de investimento”.

Recorde-se que, no dia 26 de Novembro, a Comissão Europeia adoptou uma “Ofensiva de Investimento” de 315 mil milhões de euros, que inclui o Plano de investimentos, reserva de projectos e roteiro para a eliminação de entraves burocráticos, para os próximos três anos (2015-2017).

Para chegar ao montante global de 315 mil milhões de euros, Bruxelas está a confiar na capacidade de mobilização de financiamento privado através de um desbloqueamento inicial de investimento público. Nesta combinação, a componente pública corresponde a uma fatia de 21 mil milhões de euros (garantia de 16 mil milhões de euros do orçamento da União Europeia, a que se juntam 5 mil milhões de euros do Banco Europeu de Investimento). O restante valor (294 mil milhões de euros) terá origem no sector privado, espera a Comissão.

 

(fonte: edificioseenergia.pt)

PORQUE É QUE OS NOSSOS CLIENTES GOSTAM DE NÓS?

................

 Fale connosco e descubra porque somos especiais

SEDE:

house

Rua Poeta Bocage,
nº 14-D, 1º E
1600-581 Lisboa

tel

Tel: 21 712 18 90/5

imp

Fax: 21 712 18 99

env

geral@gestout.pt

 

Ver no Mapa

DELEGAÇÃO NORTE:

house

Rua D. Frei Caetano
Brandão nº 99, 1º
4700-031 Braga

tel

Tel: 253 619 511

imp

Fax: 253 273 572

env

delnorte@gestout.pt

Ver no Mapa